Banca organizadora se destaca pela organização de concurso público das Forças Armadas

Equipamentos utilizados na checagem biométrica e digital dos candidatos participantes do concurso da Espcex (Foto: IDIB). 

Realizado em setembro deste ano, o concursos públicos da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (ESPCEX), das Forças Armadas Brasileiras e de admissão Colégio Militar de Salvador (CMS) em 2020 destacaram-se pela organização e credibilidade. Certame de uma das maiores instituições militares do País teve mais de 21 mil candidatos inscritos e foi bem-sucedido no quesito organização e segurança.

Méritos que devem ser compartilhados com a banca organizadora do concurso. O Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIB), reconhecidamente pelo órgão proponente do certame (as Forças Armadas), realizou um eficiente trabalho quanto aos aspectos tecnológicos utilizados na aplicação das provas e à segurança. 
Malotes são impermeáveis e resistente ao fogo, garantindo a segurança dos cadernos de prova e resposta (Foto: IDIB).

Com um forte aparato técnico e uma estratégia de inteligência capaz de evitar todo e qualquer tipo de fraude, a banca cumpriu o seu papel organizacional de maneira idônea e legítima.

Além disso, o IDIB notabilizou-se, também, por ser a primeira banca a organizar um concurso da Espcex. Status que eleva mais ainda o nível de confiabilidade no Instituto. Outro exemplo de concurso público organizado pelo IDIB que obteve êxito é o da Funase.

Em 2018, a Fundação de Atendimento Socioeducativo de Pernambuco (Funase/PE) abriu uma seleção pública para a contratação de agentes socioeducativos. O IDIB foi a banca escolhida para organizar a seleção. Mais uma vez, o Instituto garantiu o sucesso na execução do certame. Segundo a Funase, a boa reputação da banca organizadora contribuiu para os bons resultados obtidos pela seleção pública.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana