Nova avaliação aponta aumento no número de municípios em bandeira laranja na Paraíba

Portal WSCOM

A 15ª avaliação do Plano Novo Normal Paraíba divulgada neste sábado (15) destaca que 38% dos municípios da Paraíba estão em bandeira laranja (nível de mobilidade restrita). A avaliação periódica faz uma análise compilada das últimas quatro quinzenas, compreendidas entre a 11ª e a 15ª avaliações, e aponta um aumento na transição de municípios para a bandeira amarela (nível de mobilidade reduzida).

O relatório que norteia as atividades de flexibilização gradativa destaca ainda que o novo coronavírus mantém um comportamento de crescimento estável na taxa de transmissibilidade, em especial na 1ª e 3ª macrorregiões de saúde e alerta as autoridades sanitárias municipais para o monitoramento do vírus.

O estudo ilustra, dentro da comparação com a 11ª semana, uma redução expressiva da participação da bandeira amarela, de 80% para 56% dos municípios paraibanos, e um largo crescimento da bandeira laranja, passando de 6% para 38%. Houve ainda uma redução proporcional dos municípios em bandeira verde (mobilidade normal), caindo de 14% para 3%, além do crescimento de 11% da participação dos municípios em bandeiras vermelha (mobilidade impedida), amarela e laranja, que agora predominam em 97% dos municípios da Paraíba.

De acordo com o secretário executivo de saúde do Estado, Daniel Beltrammi, este compilado reflete a adoção de comportamentos de alto risco, como o abandono do uso de máscaras e a ocorrência de atividades com grandes aglomerações, majoritariamente entre a população das faixas etárias de 19 a 59 anos, o que afeta diretamente os indicadores utilizados pelo Plano Novo Normal no prazo de uma semana, o que, permite correlacionar os dados à piora do comportamento social.

“É importante ressaltar que as transições para bandeira laranja significam a degradação da classificação e devem ser acompanhadas com ainda mais atenção e cautela pelas autoridades sanitárias locais, para evitar agravamentos ainda maiores na disseminação da Covid-19 em seus territórios”, ressalta o secretário executivo de saúde, Daniel Beltrammi. Além do levantamento, a 15ª avaliação também destaca as recomendações de prevenção, através do Protocolo Novo Normal para as festas de final de ano.

Em relação à análise da taxa de transmissibilidade, o novo coronavírus tem assumido uma trajetória de crescimento estável na Paraíba. O Brasil, em 25/12/2020, apresentou comportamento da média móvel dos últimos 14 dias de Rt acima de 1,0 (1,0278); o que representa transmissibilidade ativa da Covid – 19. No mesmo período, A Paraíba apresentou o Rt acima de 1,0 (1,0345); o que ilustra a transmissibilidade ativa e persistente do novo coronavírus no Estado.

João Pessoa apresentou o comportamento da média móvel abaixo de 1,0 (0,9502), nos últimos 14 dias; porém, em 25/12 apresentou um Rt de 1,0747, variando entre 1,0297 e 1,1206. Já Campina Grande apresentou, no mesmo intervalo, o comportamento da média móvel dos últimos 14 dias de Rt acima da média da capital com 1,1574. O município de Patos apresentou Rt 1,6477, muito acima da média nacional, assim como Cajazeiras onde o Rt variou até 1,3919.

“Este dados demonstram certa resiliência para retorno da taxa de transmissibilidade a uma situação de decréscimo estável em João Pessoa, porém em Campina Grande, Patos e Cajazeiras este compilado representa transmissibilidade ativa e persistente do novo coronavírus e que exige atenção ao fato de que o Rt da mesma data está acima da média móvel dos últimos 14 dias. Há uma tendência de aumento consistente da Covid-19 nestes municípios e a população precisa estar atenta à medidas de prevenção com o uso de máscaras, lavagem de mãos e, sempre que possível, evitar aglomeração”, ressalta Daniel Beltrammi.

A análise da 15ª avaliação do Plano Novo Normal mantém a recomendação de máxima atenção dos gestores e autoridades sanitárias municipais no sentido de garantir o monitoramento efetivo dos indivíduos com sintomas gripais e recomenda a testagem dos sintomáticos através do SWAB nasal, além de alertar para riscos reais e sustentados de crescimento persistente dos números de casos, internações hospitalares e óbitos nas próximas duas quinzenas, no Estado da Paraíba.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana