Home Top Ad

Eleito, Paes diz que foi ‘vitória da política’ e cita pandemia como 1º desafio como prefeito do Rio

Share:

Em seu primeiro discurso como prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM) celebrou o que chamou de “vitória da política” contra a radicalização. Paes teve quase o dobro dos votos de Marcelo Crivella (Republicanos), que o sucedeu, e venceu em todas as 49 zonas eleitorais da cidade.
“A primeira mensagem que eu queria passar é de agradecimento, aos cariocas que foram às urnas e acreditaram nas nossas propostas. Queria também celebrar aqui uma vitória da política. Nós passamos os últimos anos radicalizando a política brasileira. O resultado desse radicalismo certamente não fez bem a nenhum de nós cariocas, não fez bem a nenhum de nós brasileiros.”


Paes, que já governou a cidade entre 2009 e 2017, disse que a pandemia de Covid-19 será o primeiro desafio em seu terceiro mandato. “Nós precisamos recuperar as clínicas da família, prepará-las para o processo de vacinação”, detalhou.O vice-prefeito eleito é Nilton Caldeira, um dos fundadores do Partido Liberal (PL).

Mais críticas a Crivella
No discurso, Paes voltou a atacar Crivella. “Quero anunciar que o Rio está livre do pior governo da sua história, do governo mais omisso, mais despreparado e mais preconceituoso”, afirmou.
“Todos aqueles que confiaram nas nossas propostas também queriam dar um ‘não’ contundente a esse governo reacionário, que foi ruim na gestão, piorou a vida das pessoas e que olhou a cidade com muito preconceito”, continuou.

G1

Nenhum comentário