Todos Contra o Corona Vírus

Eleito, Paes diz que foi ‘vitória da política’ e cita pandemia como 1º desafio como prefeito do Rio

Em seu primeiro discurso como prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM) celebrou o que chamou de “vitória da política” contra a radicalização. Paes teve quase o dobro dos votos de Marcelo Crivella (Republicanos), que o sucedeu, e venceu em todas as 49 zonas eleitorais da cidade.
“A primeira mensagem que eu queria passar é de agradecimento, aos cariocas que foram às urnas e acreditaram nas nossas propostas. Queria também celebrar aqui uma vitória da política. Nós passamos os últimos anos radicalizando a política brasileira. O resultado desse radicalismo certamente não fez bem a nenhum de nós cariocas, não fez bem a nenhum de nós brasileiros.”


Paes, que já governou a cidade entre 2009 e 2017, disse que a pandemia de Covid-19 será o primeiro desafio em seu terceiro mandato. “Nós precisamos recuperar as clínicas da família, prepará-las para o processo de vacinação”, detalhou.O vice-prefeito eleito é Nilton Caldeira, um dos fundadores do Partido Liberal (PL).

Mais críticas a Crivella
No discurso, Paes voltou a atacar Crivella. “Quero anunciar que o Rio está livre do pior governo da sua história, do governo mais omisso, mais despreparado e mais preconceituoso”, afirmou.
“Todos aqueles que confiaram nas nossas propostas também queriam dar um ‘não’ contundente a esse governo reacionário, que foi ruim na gestão, piorou a vida das pessoas e que olhou a cidade com muito preconceito”, continuou.

G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana