Câmara Municipal de Goiana aprova a realização do concurso público com mais de 1000 vagas


A Câmara Municipal de Goiana aprovou por unanimidade, nesta terça-feira (22), em sessão ordinária, o projeto nº 14/2019, que cria novos cargos públicos e vagas nos cargos efetivos da administração direta do município de Goiana, na Região Metropolitana do Recife. A votação contou com a presença de 14 vereadores.

O presidente da Câmara, Carlinhos Viégas (PSB) ressaltou o trabalho desenvolvido pelos vereadores durante a tramitação do projeto, pois, o texto que foi aprovado foi construído pela Casa Legislativa, pelos sindicatos da categoria (SINSEPUMG e SINPROMG) e pelo Executivo. “Assumimos um compromisso com os servidores de que eles iriam participar da construção e assim foi feito. No início, o Executivo não deu voz aos Sindicatos e se negou a corrigir os erros apresentados pela Câmara. Posteriormente, com a mudança de postura, o processo andou e hoje podemos comemorar a aprovação desse importante projeto que vai gerar oportunidades aos goianenses de ingressar no serviço público, como também, fortalecer o Instituto de Previdência Social de Goiana (Goianaprev)”, disse Carlinhos Viégas. “Tudo o que for do interesse dos servidores, só será aprovado se os mesmos forem ouvidos”, finalizou o presidente.

Com a aprovação, ficou autorizada a criação de 1227 novas vagas no serviço público municipal. O preenchimento se dará através de concurso público. A partir de agora, será necessário que a Prefeitura Municipal realize processo licitatório para contratar a empresa e a banca realizadora, e assim, lançar o edital com as regras e o período de inscrições.

O certame é um dos mais esperados em toda a Região Metropolitana e Zona da Mata Norte de Pernambuco e deverá atrair milhares de candidatos que concorrerão a cargos nas áreas da saúde, educação, guarda municipal, dentre outros.

Ascom Câmara de Goiana

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana