Mulher transa com mendigo achando que ele é Deus

Homem de rua foi agredido pelo namorado

 Da IstoÉ — Na quarta-feira (9), uma câmera de segurança registrou o momento em que o personal trainer Eduardo Alves, de 31 anos, espancou um homem em situação de rua. O caso ocorreu na rua Jardim Roriz, em Planaltina, Distrito Federal. Em áudios obtidos pela TV Globo, a mulher afirmou que viu as “imagens do marido e de Deus” no rosto do homem e por isso teve relações sexuais com ele.

Durante o seu depoimento, a mulher afirmou que não havia ingerido bebida alcoólica. Ela e a sogra resolveram ajudar um homem em situação de rua. Durante o percurso para encontrá-lo, elas se separam. Nesse momento, a mulher foi abordada pelo homem que pediu dinheiro. Como ela não tinha, ele pediu para ver a bíblia que estava em suas mãos.

Mulher com a Bíblia na mão falando com o morador de rua antes do ocorrido.

Depois, o homem pediu um abraço e, em seguida, os dois entraram no carro. Então, o morador de rua começou a massagear os pés da mulher e pediu para eles se encontrarem em outro lugar. A mulher aceitou a proposta e, momentos depois, encontrou com o morador de rua no local combinado. Ele entrou no veículo e teve início a relação sexual. Momentos depois, perto da escola Centro de Ensino Fundamental Paroquial, Eduardo avistou o veículo da esposa estacionado. Ao se aproximar, ele flagrou os dois.

Achando que se tratava de um estupro, o personal trainer espancou o homem. No entanto, em depoimento, a mulher relatou que a relação foi consensual. O homem em situação de rua foi socorrido e encaminhado para um hospital da região. Ele sofreu lesões no rosto e estava com os dois olhos roxos. Apesar disso, ele passa bem. A mulher e o personal trainer foram levados para a 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina).

Segundo os agentes, Eduardo Alves responderá por lesão corporal.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.