Ameaça de Ciro a Bolsonaro vai parar na Justiça Federal do DF

 

Ciro Gomes comparou Bolsonaro com o ditador fascista Benito Mussolini Foto: Twitter/Matheus Gomes

O procurador-geral da República Augusto Aras enviou à Justiça Federal de Brasília a notícia-crime contra o ex-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT), que se manifestou sobre dar a Jair Bolsonaro ‘o mesmo destino do Mussolini’.

A ameaça de morte ao presidente Bolsonaro foi denunciada pelo vereador Nikolas Ferreira (PRTB-MG), de Belo Horizonte.

Inicialmente, a ação foi parar nas mãos do ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF). Nunes Marques despachou a notícia-crime ao gabinete de Augusto Aras. Aras, por sua vez, argumentou que Ciro não tem foro privilegiado e que, portanto, caberia à primeira instância do Ministério Público avaliar a necessidade de investigar o pedetista.

AMEAÇA A BOLSONARO
Sempre com declarações polêmicas, Ciro Gomes disse em um vídeo faria com que Bolsonaro tivesse “o mesmo destino de Mussolini” caso tentasse dar um golpe de Estado no Brasil. Benito Mussolini, ditador italiano fascista, foi executado pela oposição e teve seu corpo exposto em praça pública.

– Se ele (Bolsonaro) tentar um golpe no futuro ou a qualquer momento, nós daremos a ele o destino que teve Mussolini. Eu, Ciro Gomes, assumo, como palavra de honra, que estarei na luta de um, de dez ou de 1.000 para dar a ele o destino de Mussolini se ele tentar algum golpe no Brasil – disse candidato à Presidência derrotado em 2018.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana