Home Top Ad

Em plena pandemia: Edval e Walter descumprem TAC e decretos estadual e municipal

Share:

                 

Obedecer as normas sanitárias e as determinações da Justiça é um dever todo cidadão, neste momento de pandemia. Os políticos precisam dar o exemplo, sobretudo neste período eleitoral. No entanto, o candidato a prefeito, Edval Soares, e o candidato a vice-prefeito, Walter Batista, estão descumprindo o Termo de Ajuste de Conduta (TAC), elaborado pelo Ministério Público (MPPE), e os decretos estadual e municipal que determinam o uso de máscaras.

Nas imagens publicadas no próprio perfil oficial do candidato Edval Soares, é possível identificar ele, o candidato a vice-prefeito, Walter Batista, e integrantes da sua militância fazendo campanha política sem máscaras e aglomerados.

O TAC elaborado pelo MPPE é muito claro sobre a necessidade de candidatos e coligações obedecerem as normas sanitárias. Confira o artigo 4° do referido TAC:

4 - Os candidatos, partidos e coligações poderão realizar reuniões em locais fechados, desde que observem fielmente as restrições impostas pelas normas sanitárias e eleitorais em vigor na data do ato, notadamente quanto ao número máximo de pessoas, utilização de máscaras, disponibilização de álcool em gel e distanciamento entre os participantes;

O mal exemplo de Edval é ainda mais grave pelo fato dele ser integrante do grupo de risco, uma vez que é idoso (75 anos).

Nenhum comentário