Conheça Rolando Alexandre de Souza, novo diretor da PF

Nome do novo gestor da Polícia Federal tem respeito entre seus pares


Paulo Moura


Rolando Alexandre foi nomeado como novo diretor da PF Foto: Reprodução
Após idas e vindas, com a saída de Maurício Valeixo e o impedimento da nomeação de Alexandre Ramagem pelo Supremo, o cargo de diretor-geral da Polícia Federal (PF) já tem um novo nome e ele é Rolando Alexandre de Souza, que ocupava atualmente uma função na Agência Brasileira de Inteligência (Abin).
Nomeado nesta segunda-feira (4), Rolando é delegado da Polícia Federal e exercia o cargo de secretário de Planejamento da Abin. Considerado como braço direito de Alexandre Ramagem na instituição, o agora gestor da PF já foi superintendente da Polícia Federal em Alagoas entre 2018 e 2019.
Rolando também teve o cargo de chefe do Serviço de Repressão a Desvio de Recursos Públicos, além de ocupar cargos de chefia na Divisão de Combate a Crimes Financeiros e na superintendência em Rondônia.
Ainda não se sabe se o novo diretor ocupará o cargo de forma permanente ou ficará apenas até o processo envolvendo a nomeação de Alexandre Ramagem ser resolvido, mas o fato é que o nome de Souza é classificado por policiais federais como de um delegado “aberto ao diálogo e com predileção por números na hora de elaborar ações”.
O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Antônio Boudens, destaca, por exemplo, que Rolando tem uma carreira que desperta o respeito entre seus pares, e ressalta a responsabilidade do novo gestor com o momento vivido pela PF.
– Ele chega com o peso do impedimento de [Alexandre] Ramagem – afirma.
O novo diretor-geral também é conhecido por ser um forte combatente contra a corrupção. Em 2017, durante um evento no Mato Grosso, ele falou dos danos causados pelos corruptos e disse que eles eram tão perigosos quanto traficantes.
– A corrupção mata. Achar que o traficante da esquina é mais perigoso que o político corrupto é uma falácia. Político mata muito mais que bandido – declarou, à época.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana