Home Top Ad

Pâmela Bório se esconde para não ter que cumprir decisão que manda ela devolver guarda do filho

Share:
A jornalista e ex-primeira dama da Paraíba, Pâmela Bório, desobedeceu uma ordem judicial que determina a devolução da guarda do filho dela com o ex-governador Ricardo Coutinho ao pai. De acordo com o oficial de justiça que foi levar o mandado até a residência da jornalista, ela, além de não obedecer, desapareceu do endereço até agora não se sabe do seu paradeiro.

Trata-se de um mandado de busca e apreensão determinado pelo juiz da 3ª Vara de Família da Capital, resultante do julgamento de um recurso interposto por Ricardo Coutinho com pretensões de mudar decisão anterior prolatada por magistrada que, segundo a decisão proferida agora, foi induzida a erro por Pamela Bório e pelos seus advogados.
Com o recurso, a ação de Pâmela, alvo do questionamento em segunda instância, foi julgada improcedente com a determinação da devolução da guarda do filho ao pai, para que fosse restabelecida a guarda unilateral antes conferida ao genitor, através de expedição de mandado de busca e apreensão do menor.
A jornalista anteriormente já foi acusada de alienação parental contra o filho, ou seja, de interferir psicologicamente na criança contra o pai, que também está responsável pela sua guarda e vigilância, com o intuito de criar desavenças e sentimentos negativos na criança em relação ao genitor.
Na decisão que determina a devolução da criança, o magistrado recomenda que Pâmela faça tratamento psiquiátrico.
Fonte: Blog do Tião Lucena
Créditos: Blog do Tião Lucena


Nenhum comentário