Agência europeia aponta nova reação à vacina AstraZeneca

 

Agência pediu a inclusão do efeito na bula do fármaco Foto: Marco Verch/Pixabay

A agência regulatória de medicamentos da União Europeia (EMA) recomendou, na última sexta (14/1), que a bula da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19 seja modificada para incluir “mielite transversa” na lista de efeitos colaterais raros.

Trata-se de uma inflamação que afeta a medula espinhal e pode causar fraqueza nos braços ou pernas, sintomas sensoriais, problemas na bexiga ou dificuldade na função intestinal. A complicação rara também pode acometer pessoas não vacinadas que contraírem o coronavírus.

A mesma recomendação foi feita pelo comitê de segurança do órgão em relação à bula da vacina da Janssen. Neste caso, o pedido havia sido feito em novembro do ano passado, mas foi reforçado.

Apesar da descoberta, a agência segue recomendando a utilização das vacinas contra a Covid-19 o quanto antes, para evitar que o quadro dos pacientes evolua para grave e que haja necessidade de internação. Segundo o órgão, os benefícios das vacinas são maiores do que os riscos.

PLENO NEWS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.