Vereadores se reúnem com Secretária de Turismo para viabilizar novo edital que beneficie artistas goianenses

 


Diante da crise econômica enfrentada pelos artistas goianenses neste atual cenário de pandemia, os vereadores estão buscando formas para auxiliar a classe cultural. Neste sentido, foi realizada uma reunião entre vereadores e a secretária de Turismo e Desenvolvimento Cultural, Luciana Petribu, na tarde desta quarta-feira (08/09), na Câmara Municipal de Goiana.


Estiveram presentes no encontro o presidente do Poder Legislativo de Goiana, Eduardo Batista, e os vereadores Alexandre Carvalho e Ramon Aranha, além do músico e cantor, Júnior Canibal.


Os parlamentares passaram para secretária de Turismo e Desenvolvimento Cultural, Luciana Petribu, algumas queixas e reivindicações dos artistas goianenses. Entre os principais pleitos dos vereadores, está a realização de um novo edital para utilização dos recursos -  uma vez que não foram gastos em sua totalidade - oriundos da Lei Municipal Carnavalesco Professor Everaldo, destinada à concessão de auxílio financeiro a artistas e grupos culturais goianenses. 


"Passamos para a secretária algumas reclamações, como é o caso da Banda Curica que recebeu quatro mil reais a menos do que tinha direito. Outra questão importante é utilizarmos, em sua totalidade, os recursos da Lei Carnavalesco Professor Everaldo, onde se disponibilizou quatrocentos mil reais. Trata-se de um recurso municipal que não foi integralmente utilizado ainda", disse o presidente da Câmara, o vereador Eduardo Batista.


Ao término da reunião, a secretária Luciana Petribu se comprometeu em analisar, com os auxílios das equipes jurídicas da Câmara Municipal e da Prefeitura, a possibilidade da criação de um novo edital, além de manter um canal de diálogo com os vereadores para buscar soluções que beneficiem mais artistas goianenses.


ASCOM/CMG

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana