Vereador Alexandre Carvalho (PSB) repercutiu no plenário da Casa José Pinto de Abreu a iniciativa da CELPE em promover esse reajuste em meio a pandemia da Covid-19

 


 A Companhia Energética de Pernambuco (CELPE) anunciou que estará reajustando a conta de luz de seus consumidores. A variação ficará entre 5,94% e 7,46%, dependendo do perfil do cliente. O reajuste médio de 8,99% foi autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

.
Segundo a Celpe, a empresa tem 3,8 milhões de clientes em todo o estado. Desse total, 90% são consumidores residenciais. Quem pagava conta de R$ 100, por mês, passará a desembolsar até R$ 107. Já o reajuste para os consumidores de baixa renda será 5,94%. Para os demais clientes residenciais, de baixa tensão, o reajuste será de 7,46%. Para as indústrias e grandes comércios, que estão na faixa de alta tensão, o aumento previsto é de 11,89%.
.
O vereador Alexandre Carvalho (PSB) repercutiu no plenário da Casa José Pinto de Abreu a iniciativa da CELPE em promover esse reajuste em meio a pandemia da Covid-19. "É inadmissível que a CELPE continue a aumentar suas taxas de cobrança de consumo de energia. Pelo contrário, se deveria conceder incentivos, adiar vencimentos e propor campanhas de redução do consumo e consequentemente a redução no preço da tarifa," disse o parlamentar.
.
Carvalho informou ao Radar Político365 que estará articulando através dos meios cabíveis impedir que esse aumento seja cobrado aos goianenses. "Enquanto vereador, lutarei por medidas que amenizem esses impactos com projetos de lei que melhore a vida dos nossos munícipes," destacou.
.
Radar Político365
Foto: ASCOM-CMG

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana