Programa federal que beneficia três escolas na zona rural de Alhandra, não tem prestação de contas e recursos não foram utilizados desde de 2019; valor estava em processo de devolução

 

Recursos do Governo Federal estavam em processo de devolução, mas a Prefeitura de Alhandra tenta reverter a medida, pois o valor é destinado para custeio em manutenção e reformas nas Escolas na zona rural do município, mas desde de 2019, e não havia sido empregado. Assim que a equipe da Secretaria Municipal de Educação constatou que os recursos estava em processo de devolução, medidas foram tomadas para que os valores pudessem ser empregados no município.

 

Os recursos são dos Programas de Dinheiro Direto nas Escolas da Água e do Campo (PDDE) do Governo Federal. O PDDE da Água, por exemplo, viabiliza meios para que as escolas possam garantir as adequações necessárias ao abastecimento de água em condições apropriadas para o consumo e o esgotamento sanitário nas Unidade Escolares que não tenham abastecimento de água ou de esgotamento sanitário.

 

De acordo com o secretário municipal de Educação, Fernando Francisco, os recursos são de extrema importância para os alunos da zona rural. “Com esses recursos nós poderemos adquirir equipamentos, implantar e realizar a manutenção das instalações hidráulicas. Contratar mão de obra adequada para realizar construção de poços, cisternas, fossa séptica e outras formas que possam proporcionar o abastecimento de água, para consumo e o esgotamento sanitário adequado. Mas infelizmente por falta de compromisso prestação de contas, desde de 2019, a população não foi assistida com esses recursos que estavam em processo de devolução, nossa gestão agiu de forma precisa para reverter a situação e assim usar os recursos em nossas escolas na zona rural” afirmou Fernando Francisco.

 

fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Alhandra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Exclusivo: Aos 49 anos morre em Pitimbu Renilda de Sousa Santos