Pular para o conteúdo principal

Câmara aprova projeto que autoriza estados, municípios e setor privado a comprar vacinas

 

A Câmara dos Deputados aprovou nessa terça-feira (2) o Projeto de Lei, do Senado Federal, que autoriza os estados, municípios e o setor privado a comprarem vacinas contra a Covid-19 com registro ou autorização temporária de uso no Brasil. A matéria será enviada à sanção presidencial.

No caso do setor privado, as doses deverão ser integralmente doadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) enquanto estiver em curso a vacinação dos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde. Após a conclusão dessa etapa, o setor privado poderá ficar com metade das vacinas que comprar, e estas deverão ser aplicadas gratuitamente. A outra metade deverá ser remetida ao SUS.

A proposta também autoriza a União, os estados e os municípios a assumirem a responsabilidade de indenizar os cidadãos por eventuais efeitos colaterais provocados pelas vacinas.

Para o relator do projeto, deputado Igor Timo (Pode-MG), a aprovação da proposta “é a esperança da maior parte da população brasileira”, por isso ele recomendou a adoção do texto enviado pelo Senado sem mudanças.

“A proposição tem o objetivo de ampliar o acesso aos imunizantes, com a participação de todos os entes federados e com a contribuição solidária das pessoas jurídicas que queiram participar da campanha de vacinação”, disse o relator.

Todas as medidas previstas no projeto se aplicam apenas às vacinas com uso autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e o setor privado deverá fornecer ao Ministério da Saúde todas as informações sobre a compra, a doação e a aplicação das vacinas contra a Covid-19.

Em 48 horas, o ministério deverá atualizar os painéis de informação sobre a aquisição e aplicação dessas vacinas com os dados repassados.

Responsabilidade civil
A responsabilidade civil por possíveis efeitos colaterais da vacina é uma exigência feita por alguns laboratórios, como Pfizer/BioNTech e Janssen, cujas vacinas ainda não chegaram ao Brasil. Para cobrir esses riscos, a administração pública poderá constituir garantias ou contratar seguro privado nacional ou internacional.

“Ao permitir que União, estados, municípios e o Distrito Federal assumam a responsabilidade pelos danos que porventura possam ser causados pelas vacinas, conforme exigido pelos laboratórios produtores, poderá ocorrer uma ampliação nos possíveis fornecedores. Com isso, maior número de doses de imunizantes poderá ser adquirido em um tempo menor, ampliando-se a velocidade do processo de vacinação”, afirmou Igor Timo.

Atualmente, o País só tem duas vacinas à disposição (a CoronaVac e a Oxford-AstraZeneca). A Pfizer já recebeu aval da Anvisa, mas as negociações para a compra ainda não foram concluídas.

Plano nacional
O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), é o autor do projeto aprovado. Segundo ele, o texto foi elaborado após consulta ao Ministério da Saúde.

Pelo projeto, a compra por estados e municípios fica autorizada para os casos em que o governo federal não cumpra o Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19, ou quando a cobertura imunológica prevista pela União não for “suficiente ou tempestiva”. Nessas situações, a compra será com recursos próprios.

A regra se apoia em decisão proferida recentemente pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou constitucional a iniciativa dos entes da Federação nessas mesmas hipóteses.

Quando a compra for em caráter suplementar, o relator incluiu emenda de redação para especificar que estados e municípios poderão usar “recursos oriundos” da União em vez de recursos federais. Isso permitiria a interpretação de que o dinheiro a ser usado pode ser o de repasses constitucionais, por exemplo.

Veto
Na recente sanção da Medida Provisória 1003/20, o presidente Jair Bolsonaro vetou dispositivo semelhante que previa, no caso de omissão ou de coordenação inadequada das ações de imunização pelo Ministério da Saúde, a compra por estados e municípios com posterior ressarcimento da União.

Na justificativa do veto, foi usado o argumento de que o texto feria o pacto federativo ao prever responsabilidade da União por despesas realizadas unilateralmente por outros entes federados, além de questionamentos sobre a falta de parâmetros para avaliar o que seria a omissão ou coordenação inadequada.

Grupos prioritários
O plano divide a população prioritária em 27 categorias, começando com pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas (em asilos, por exemplo); pessoas com deficiência institucionalizadas; povos indígenas vivendo em terras indígenas; trabalhadores de saúde; pessoas de 80 anos ou mais; e assim sucessivamente. A população prioritária estimada é de cerca de 77 milhões de pessoas.

O Ministério da Saúde alerta, por outro lado, que a lógica tripartite do SUS concede autonomia a estados e municípios para montar seu próprio esquema de vacinação e dar vazão à fila de acordo com as características de sua população, demandas específicas de cada região e doses liberadas.

Na última sexta-feira (26), o STF decidiu por unanimidade que o governo deve informar de maneira detalhada a ordem de preferência entre os grupos prioritários segundo critérios técnico-científicos.

Agência Câmara

Comentários

BLOG NO YOUTUBE

Visualizações

Mais Notícias

Homem é encontrado morto com sinais de violência pelo corpo às margens de açude

  Um homem foi encontrado morto com sinais de violência pelo corpo, na manhã desta segunda -feira (27), às margens de um açude em Santa Rita, na Grande João Pessoa. Segundo a Polícia Militar, a suspeita é de que a vítima, encontrada às margens do Açude Barriga Cheia e ainda não identificada, tenha sida morta a pauladas, conforme apurou o Notícia Paraíba. O corpo foi encaminhado para perícia no Instituto de Polícia Científica (IPC) da Capital. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

Homem é perseguido e executado com cerca de dez tiros em Alhandra

  A polícia trabalha com a hipótese de “acerto de contas”, para explicar o assassinado de um homem identificado por Flavio Leonardo da Silva 39 anos. Ele foi morto a tiros no final da manhã desta terça-feira (28), no município de Alhandra, Litoral Sul do Estado. De acordo com a polícia, Flavio Leonardo da Silva, estava em um local conhecido por “Beco da caixa d’água”, quando surpreendido por dois homens. Sem que houvesse qualquer discussão aparente, os desconhecidos sacaram as armas e passaram atirar no vítima. Flávio Leonardo ainda conseguiu correr, mas foi perseguido e executado com cerca de dez disparos. Durante as investigações, a polícia descobriu que a vítima tinha já tinha sido presa por importunação sexual. Portal do Litoral PB

Homenagem a o saudoso Expedicionário da FEB - Henrique Fenelon de Barros

  Relíquia de Outubro de 1945 JORNAL - VOZ OPERÁRIA Trecho do discurso : Sr. Israel Oliveira e Silva. Em homenagem a o saudoso Avô de Quinho Fenelon o Expedicionário da FEB - Henrique Fenelon de Barros  " Henrique:Foste um patriota,um bravo,um herói,e é justo que agora,pelo teu regresso,exaltemos a tua figura,teu exemplo a grandeza do teu caráter. Goiana,que tantos filhos tem consagrado,por seus merecimentos ás grandes causas da pátria, representada nessa guerra mundial,pelo teu humilde mas honrado nome. Henrique: És um digno irmão! " E trecho da resposta do nosso eterno herói,aquele que muito me honra carregar seu nome,seu sangue e seus exemplos: Meus amigos,eu vos digo apenas,que me sinto muito feliz em ter cumprido o meu dever de brasileiro,por ter defendido bem alto no teatro da guerra,o nome e a tradição do nosso Brasil. ( Henrique Fenelon de Barros)

Efraim prestigia o São João de Caaporã, Campina, Patos, Santa Luzia, Bananeiras e outras grandes festas da Paraíba

  Considerada a melhor época do ano, o mês de junho é marcado pelas festividades juninas que afloram a cultura paraibana. A tradição está na gastronomia, nas músicas, na forma de vestir e na decoração de ruas, estabelecimentos e casas. Dessa forma, mais do que nunca, o projeto #PéNaEstrada do deputado federal Efraim Filho (União Brasil) estava a todo vapor, mais do que apenas viajando pelo interior, mas prestigiando as comemorações ao lado de aliados políticos, visitando o São João de vários municípios. Em clima de retomada, a cultura das festas juninas, tão rica no estado, traz as pessoas de volta às ruas e, consequentemente, aquece a economia das cidades, do litoral ao interior. “É uma honra participar de tantos festejos! Temos, sim, a perspectiva de arrecadação, bem como do aumento do fluxo turístico dentro do próprio Estado. São milhares de pessoas se divertindo e movimentando a economia de cada lugar, gerando emprego e renda”, pontua. Além da notável comemoração de uma tradição qu

Começa o melhor São João do Litoral Sul em Caaporã e hoje tem Brasas do Forró, Victor Santos e Suh Albuquerque

  A cidade de Caaporã tradicionalmente realiza o melhor São João do Litoral Sul da Paraíba, e além da festa, a gestão do Prefeito Kiko Monteiro, aqueceu a economia com a antecipação da primeira parcela do décimo terceiro salário dos servidores municipais. O clima junino no município acontece há vários dias com o evento “Esquenta Caaporã”, realizado em Cupissura, Piquete, Santo Antônio e o Arraiá da Educação, com várias atrações musicais e valorizando os artistas locais. Nesta quinta-feira (23) começa o São João de Caaporã e promete receber um grande público com uma mega estrutura, organização e segurança para moradores e visitantes. Para o São João as atrações são: Caaporã Dia 23: Brasas do Forró, Victor Santos e Suh Albuquerque Dia 24: Mara Pavanelly, James (Ex-cantor da Banda Encantus) e Vinicius Mendes. Dia 25: Gil Mendes, Mel Rios e Ruan Lennon Cupissura Dia 28: Cavalo de Pau, Pedrinho do Xote, Alberto Bakana Portal do Litoral 

Músico morre e amigo fica ferido após carro de funerária colidir contra motocicleta

  Um músico morreu e seu amigo ficou gravemente ferido após um carro de uma funerária colidir contra a traseira de uma motocicleta, na madrugada chuvosa desta sexta-feira (24), em um trecho da BR-230, localizado em Campina Grande.  A vítima fatal estava pilotando a motocicleta sem utilizar capacete, assim como seu amigo que estava na garupa do veículo, e isso pode ter influenciado a gravidade dos danos provocados pela colisão, conforme apurou o Notícia Paraíba.  O piloto não resistiu ao ferimentos e morreu ainda no local já o garupa foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital de Emergência e Trauma. Segundo familiares e amigos da vítimas, a ambas trabalhavam com música. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada e o trânsito na localidade segue sem interdições. As causas do acidente seguem sendo investigadas.  Notícia Paraíba

Jovem marca o 22 de Bolsonaro na pele com ferro em brasa

  Jovem marcou 22 na pele  Foto: Reprodução/Redes Sociais Um jovem de 17 anos decidiu marcar o número 22, legenda do partido do presidente Jair Bolsonaro (PL), na pele, com o uso de um ferro em brasa. O ato ocorreu durante um leilão de gado em Mirassol D’Oeste, cidade que fica a 297 km de Cuiabá, Mato Grosso. De acordo com Layane Moreira, mãe do adolescente chamado Guilherme Henrique Moreira Santos, a atitude se deu porque o jovem sentiu-se “desafiado” por amigos esquerdistas. O pai de Guilherme foi o coordenador do evento onde ocorreu o episódio. – Guilherme estava trabalhando na equipe de manejo do gado. Meu filho tem um grupo de amigos de esquerda e ele se sentiu desafiado. E, como é um menino bem rústico e corajoso, pediu para um menino carimba-lo. Um não aceitou, mas o outro sim e fez a marca – contou a mãe. O ferro em brasa é utilizado para marcar bois em fazendas e foi a forma “rústica” que Guilherme encontrou para reagir a provocações dos amigos. Ainda de acordo com a mãe, o jo

Jovem de 20 anos é morto a tiros na frente de casa

  Um jovem de 20 anos de idade foi morto a tiros de arama de fogo na frente da casa onde morava, na manhã deste sábado (25), no bairro Alto das Populares, em Santa Rita, na Grande João Pessoa. O crime aconteceu quando um grupo chegou em um carro e disparou várias vezes contra a vítima, que não resistiu ao ferimentos e morreu ainda no local, conforme apurou o Notícia Paraíba. Segundo a Polícia Militar, o jovem tinha envolvimento em crimes na região, como assaltos e tráfico de drogas, e, com isso, a suspeita inicial é de que o crime tenha se tratado de um acerto de contas com alguma organização criminosa. Até então, nenhum suspeito foi localizado e o caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

Homem é morto a facadas enquanto bebia com amigos em casa

  Documento de identificação da vítima fatal. Um homem foi morto a facadas enquanto bebia com alguns amigos na casa aonde morava, na madrugada desta quinta-feira (23), no bairro João Paulo II, em João Pessoa. Conforme apurou o Notícia Paraíba, durante uma discussão um dos homens que estavam na residência acabou desferindo os golpes de faca contra a vitima. O homem, identificado como José Rodrigues, de 56 anos de idade, não resistiu ao ferimentos e morreu ainda no local. A Polícia Militar foi acionada, mas vizinhos não souberem prestar mais detalhes da morte dele. A Polícia Civil segue investigando a motivação e autoria do crime.

GATI da 3ªCIPM, prende um dos indivíduo que praticou de um arrastão na Praia de Ponta de Pedras

  Policiais do GATI da 3ªCIPM efetuaram prisão de dois indivíduos que praticava arrastões na Praia de Ponta de Pedras na cidade de Goiana Mata Norte de Pernambuco nesta Quarta-feira(22), com ele foram apreendidos Cinco celulares, uma toca ninja usada no assalto, dois cordões de prata e R$ 282,00 rerais em espécie.  Os acusados foram encaminhados para a delegacia de plantão de Goiana para serem tomadas as medidas cabíveis. 🔰  GATI 3ªCIPM