Home Top Ad

Olga Sena promove mega carreata e faz tremer as ruas de Goiana

Share:

 


Uma noite de quarta-feira (28) pra ficar na história da política de Goiana. Numa demonstração de força e participação popular, a candidata à prefeita Olga Sena (PCdoB) e sua vice Danyelle Sena (PSB) participaram de uma mega carreata que percorreu as principais ruas do município da Mata Norte. O evento contou com a presença de cerca de 400 veículos, entre carros e motos, além de uma verdadeira multidão que se juntou ao longo do trajeto. Durante o evento, que teve início na Escola Estadual Augusto Gondim e finalizou na Praça da Bíblia, Olga e sua militância aproveitaram para distribuir material de campanha e cumprimentar seus apoiadores.

Quem também esteve presente foi o deputado federal Renildo Calheiros (PCdoB).

“Um dia como esse me traz uma felicidade muito grande. Poder ver de perto a alegria e o sentimento de mudança e transformação dessa cidade estampados no rosto de cada pessoa por onde a gente passava é algo que vou me lembrar pro resto da vida”, afirmou Olga. “E é essa alegria que eu quero para todo cidadão goianense. Um povo com a qualidade de vida que ele merece, com saúde e educação de qualidade, com oportunidade de emprego e comida na mesa. Goiana é uma cidade rica, mas essa riqueza precisa ser compartilhada com todos os cidadãos goianenses. O povo precisa ser cuidado. O povo merece ser cuidado. Na minha gestão o povo será cuidado”, completou.

Olga poderá ser a primeira prefeita mulher da história da cidade depois de 180 anos de emancipação política. Contando com os partidos PCdoB, PSB, PP, PT, PV, PDT e MDB, conseguiu construir a maior aliança partidária dos últimos tempos no município e conta com o apoio de políticos como o governador Paulo Câmara, a vice-governadora Luciana Santos, os senadores Jarbas Vasconcelos e Humberto Costa, os deputados federais Renildo Calheiros e Raul Henry e os deputados estaduais Eriberto Medeiros (presidente da Assembleia Legislativa), delegada Gleide Ângelo (deputada estadual mais votada do Estado), Aluísio Lessa, Teresa Leitão e João Paulo.


Nenhum comentário