Home Top Ad

Sergio Moro chega para depor na PF sob vaias e protestos

Share:

Ex-ministro precisou entrar pelos fundos do prédio


Gabriela Doria

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro chegou à Superintendência da Polícia Federal em Brasília por volta das 13h15 deste sábado (2). Na porta do prédio, um grupo de manifestantes aguardava Moro com faixas em apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Um pequeno grupo, no entanto, demonstrou estar ao lado do ex-ministro.
No entanto, Moro entrou pelos fundos, frustrando a expectativa dos manifestantes. A chegada inflamou ainda mais os ânimos dos militantes, que na maioria gritou palavras de ordem contra o ex-ministro.
Desde a manhã, com alguns momentos de tensão entre os dois grupos e ataques contra a imprensa, cerca de 50 manifestantes se aglomeram no local, que também já abrigou a vigília em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), enquanto ele estava preso.
De um carro de som, os militantes pró-governo, mais numerosos, cantaram o hino nacional e gritavam palavras de ordem contra Moro, chamado na maior parte do tempo de traidor.
– Não fomos nós, foi você que sujou sua biografia – discursou Marisa Lobo, uma das manifestantes.
Abordados pela reportagem da Folha, eles não quiseram dar entrevistas. Há idosos e crianças entre os militantes, que na maioria carrega bandeiras do Brasil e usa camisetas pró-Bolsonaro.

Nenhum comentário