Home Top Ad

Homem é suspeito de matar companheira e dizer que foi suicídio

Share:
Reprodução/TV Jornal

Uma mulher foi assassinada em Sucupira, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. A vítima foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro do Engenho Velho, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com a polícia, Marília Monteiro Lopez de Araújo, de 27 anos, deu entrada aqui na unidade já inconsciente e com cortes na região do pescoço. Ela foi socorrida por um vizinho e o companheiro dela, identificado como Alexandre Lucindo da Silva, de 29 anos.
Após os médicos declararem a morte de Marília, policiais que ficam na UPA foram colher informações com Alexandre, que teria afirmado que a vítima cometeu suicídio. Os PMs estranharam o nervosismo do companheiro da vítima, que estava sem identidade e teria se apresentado com um nome falso.

Foragido

Ao repassar as características do homem para o centro de inteligência da PM, os policiais descobriram que Alexandre é um foragido da justiça, e ele acabou preso. Alexandre teria fugido da Penitenciária Agroindustrial São João, em itamaracá, onde cumpria pena por porte ilegal de arma, há 1 ano.


Ele foi encaminhado para a delegacia da cidade. A polícia iniciou as investigações para saber se ele teria assassinado a própria companheira. A mãe de Marília prestou depoimento na delegacia e contou que o casal teria tido uma briga violenta dentro da casa onde moravam, no bairro de Sucupira, pouco tempo antes de ela ter dado entrada na unidade de saúde.
A mãe não sabia que Alexandre era fugitivo da justiça, mas revelou que o relacionamento do casal, que estava junto há 3 meses, era marcado por brigas e agressões.

Nenhum comentário