Jovem de 23 anos é suspeito de ser mandante de golpes que fraudavam autoridades paraibanas via Whatsapp

 

Jovem de 23 anos é suspeito de ser mandante de golpes que fraudavam autoridades paraibanas via Whatsapp









Um jovem de 23 anos é o principal suspeito de idealizar um esquema de golpes via Whatsapp, que fraudavam autoridades públicas paraibanas, de acordo com evidências levantadas, na manhã desta quarta-feira (6), durante uma operação da Polícia Civil.

Conforme apurou o Notícia Paraíba, a “Operação Fake Man” cumpriu 12 mandados de busca e apreensão na Região Metropolitana de Natal,  capital do Rio Grande do Norte (RN), e foi efetuada por agentes da segurança pública da Paraíba e do RN.

De acordo com as investigações, criminosos se passaram por autoridades públicas paraibanas, entre elas prefeitos e empresários, em perfis falsos no aplicativo de mensagens Whatsapp e conseguiram convencer vítimas a transferirem dinheiro para as contas bancárias dos falsários, nas anos de 2020 e 2021.

Segundo o delegado civil Hugo Lucena, o dinheiro era repassado para contas cadastradas em agências bancárias do Rio Grande do Norte e, com as investigações realizadas pela Polícia Civil da Paraíba, a estrutura da organização criminosa foi desvendada, assim como o autor intelectual dos crimes e chefe do grupo.

O esquema criminoso contou com a participação de cerca de oito integrantes, um deles um homem de 23 anos de idade, sem histórico criminal, residente em Extremoz, na região metropolitana de Natal, o líder da quadrilha e idealizador dos golpes.

Entre os artigos apreendidos estão aparelhos celulares, que serão submetidos a exames periciais e encaminhados à justiça.

Com a ação, os agentes de segurança pública almejam que em breve os suspeitos sejam penalizados pelos crimes.

Fonte: Notícias da Paraíba

Veja o vídeo:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.