Municípios de Pernambuco cancelam aulas presenciais

 Divulgação/Prefeitura de Ipojuca

Alguns municípios de Pernambuco cancelaram as aulas presenciais neste início do ano letivo de 2022. A decisão é reflexo do aumento de casos de Covid-19, com a variante Ômicron, e de Influenza no Estado. As cidades de Carpina, Paulista e Ipojuca anunciaram que as aulas nas escolas municipais serão no formato remoto, ou seja, online.

“Não adianta forçarmos uma situação agora e daqui a algumas semanas ver o agravamento dos casos e as unidades de saúde entrando em colapso e termos que parar tudo. A Educação já perdeu muito nos últimos anos, temos que agir com responsabilidade neste momento”, explicou o secretário de Educação de Ipojuca, por meio da assessoria, Francisco Amorim.

Já a Prefeitura do Paulista anunciou a medida através das redes sociais. “A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação e juntamente com o Conselho Municipal de Educação e com o Sindicato dos Professores, levou em consideração o aumento no número de casos de Covid-19 provocados pela variante Ômicron, além da epidemia de Influenza. Diante da situação sanitária, o governo municipal decidiu adiar o retorno presencial”, diz parte do texto da publicação.

A gestão municipal de Carpina também se manifestou pelas redes sociais e ressaltou a assinatura de um decreto, na última terça-feira (25), para falar sobre a decisão de cancelar as aulas presenciais. “Conforme o Decreto 05/2022, assinado na terça-feira (25), devido ao aumento de casos de Covid-19 em todo Estado de Pernambuco, as aulas presenciais das escolas no âmbito do município do Carpina devem ser suspensas até o dia 14 de março de 2022, mantendo-se a modalidade de aulas on-line até o fim do período”.

No entanto, de acordo com a nota da Secretaria de Educação do Recife, as atividades presenciais na capital pernambucana estão mantidas e terão início no dia 4 de fevereiro. “A Secretaria de Educação informa que as aulas para os estudantes da rede municipal de ensino do Recife começam no dia 4 de fevereiro e, neste momento, será no formato presencial, respeitando o protocolo sanitário. A gestão municipal informa também que está observando o cenário pandêmico e, caso seja necessário, novas diretrizes para este início de ano letivo podem ser anunciadas”.

De acordo com a assessoria a gestão de Jaboatão, uma reunião com a Secretaria Estadual de Saúde (SES) será realizada nesta quinta-feira (27) e, após o encontro, será divulgado um direcionamento para o ano letivo no município.


PE Notícias

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.