Pedágio de rodovias que dão acesso a praias do Litoral Sul de Pernambuco fica 10,35% mais caro a partir de janeiro

 


O pedágio da Rota do Atlântico, que dá acesso a rodovias que passam pelo Complexo Industrial de Suape e levam até as praias do Litoral Sul do estado, vai ficar mais caro. Nesta quarta-feira, a concessionária informou que o reajuste de 10,35% entra em vigor no dia 4 de janeiro de 2022.


Com isso, a tarifa básica sai de R$ 8,70 para R$ 9,60. A mudança foi autorizada pela Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe), em decisão publicada no Diário Oficial de Pernambuco, nesta quarta. De acordo com a concessionária Rota do Atlântico, o aumento representa o arredondamento da variação de Índice de Preço ao Consumidor (IPCA) dos últimos 12 meses.


As rodovias sob concessão são a PE-09 e a PE-052. O trecho tem início na BR-101 Sul, na altura do Hospital Dom Helder Câmara, no município do Cabo de Santo Agostinho, e segue até a PE-38, no distrito de Nossa Senhora do Ó, em Ipojuca. O valor do pedágio, segundo a concessionária, também abrange o serviço 24 horas, que oferece suporte de inspetores de tráfego, guinchos leve e pesado, ambulância com socorristas e viaturas de inspeção de tráfego. O serviço pode ser acionado pelo telefone 0800 031 0009. A ligação é gratuita.


De acordo com a Rota do Atlântico, em 2021, houve uma média diária de sete atendimentos de socorro mecânico, quatro para remoção de veículos, além de um atendimento pré-hospitalar a cada três dias. “Somando com outros serviços, como recolhimento de objetos na pista e captura de animais na pista, um total de 25.983 ocorrências ao longo deste ano”, informou a concessionária.


Este ano, a redução o número de acidentes foi de 40%, em relação ao primeiro ano de operação, em 2014. Foram 165, de janeiro a dezembro de 2014, e 99 casos registrados ao longo de 2021.

Pe Notícias 



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.