IHAGGO EM MISSA DE AÇÃO DE GRAÇAS LEVA GOIANA PARA ALÉM DAS SUAS FRONTEIRAS



Nesta Quarta-feira, 27/10/2021, o Instituto Histórico, Arqueológico e Geográfico de Goiana - IHAGGO teve a oportunidade de mais uma vez levar, para além das fronteiras de Goiana e apresentar para Pernambuco a significante história da criação da Junta Governativa de Goiana gerada da força motriz que foi a  presença decisiva de Felippe Menna Callado da Fonseca e Manoel Clemente Cavalcanti de Albuquerque, remanescentes da Revolução Pernambucana Republicana de 1817,   organizando o Movimento Revolucionário de 1821 nos engenhos, povoados e vilas da Mata Norte  de Pernambuco, há 200 anos atrás, com a participação de Nazaré da Mata, Limoeiro e Paudalho.  

Deste movimento resultou a criação de uma Junta Constitucionalista, Provisória e Governativa em Goiana, presidida pelo vereador goianense Francisco de Paula Gomes dos Santos,  a qual governou a Província de Pernambuco, por 56 dias, segundo o professor historiador Ph D Josemir Camilo de Melo que contará minuciosamente esta história em livro brevemente publicado pela CEPE (Cia. Editora de Pernambuco.


Este movimento ainda teve a adesão de Igarassu, Vitória de Santo Antão, Jaboatão dos Guararapes, Sirinhaém, Cabo de Santo Agostinho e Olinda. 

Tudo isto foi contado numa  missa. 

A MISSA DE AÇÃO DE GRAÇAS na Igreja de N. S. da Conceição dos Militares celebrada   pelo Monsenhor Limacêdo Antônio da Silva,  bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife (PE) foi uma iniciativa do Rotary Club de Jaboatão dos Guararapes para comemorar a passagem  dos seus 50 anos, unido a Comissão Arquidiocesana de Intervenção das Irmandades da Igreja de N. S. da Conceição dos Militares que está comemorando  199 anos e associando a SECULT, representada pelo Secretário de Cultura de Estado o Dr. Gilberto Freyre Neto, e instituições como o 14° BIMtz , ASARESFA , Associação de Veículos Militares, a Prefeitura de  Jaboatão, Moreno, a Câmara de Vereadores de Goiana e diversos Institutos Históricos para prestigiarem o evento  dos 200 anos da Convenção de Beberibe. 

 Foi  um evento de grande beleza e homenagem à memória de todos que lutaram em 1821 para expulsar o déspota Luiz do Rego e dar o pioneirismo da autonomia a Pernambuco, onze meses antes da Independência do Brasil. Teve como um dos maiores entusiastas o fundador do Rotary e IHJ  o senhor Jackson Vieira de Melo.  


O IHAGGO  foi procurado pelo membro efetivo  Flávio Torres, do Clube Rotary, coordenador do evento, para contar a História da Junta de Goiana, oportunizando a fala a Harlan A. Gadelha Filho, nosso presidente e presidente da Comissão Estadual Organizadora e Executiva das Comemorações do Bicentenário da Junta Governativa de Goiana e da Convenção de Beberibe formada pelos três Institutos (IAHGP/IHAGGO/IHO) o qual  relatou, vale ressaltar,  com brilhantismo ao público presente os fatos que precederam a chamada Convenção de Beberibe,  acordo que aconteceu naquela localidade por estar a Junta de Goiana ali sediada onde, inclusive, recebeu uma comissão pacificadora paraibana. 

Venho, portanto, aplaudir mais uma vez a nossa Instituição sesquicentenária que vem cumprindo os seus objetivos estatutários com galhardia e deixando para a posteridade os registros das histórias municipais que não são contadas nos livros didáticos  e  não são citadas nos inúmeros discursos  que escutamos. 


Às vésperas das comemorações, em 1822, do bicentenário da Independência do Brasil, momento que em todos os recantos do país se estuda, se analisa e se prepara para celebrar o momento que foi lançada a semente da história nacional, que se plantou a sua história Constitucional, que nasceu a cidadania  e se discute o conceito de independência na visão de hoje, temos que aplaudir, de pé, os três institutos IAHGP, IHAGGO, IHO, defensores vorazes na luta para que a nossa História, a História de PERNAMBUCO, a História do Nordeste se torne conhecida e respeitada dentro da História Nacional. 

Hoje tanto se fala no Ciclo das Independências, e nós precisamos nos levantar, gritar e divulgar que fomos nós em Pernambuco, mais precisamente na Zona da Mata de Pernambuco, com o Manifesto aos Liberais Pernambucanos, em 1821,  do Felippe Mena Callado da Fonseca e Manoel Clemente Cavalcanti de Albuquerque quando disseram “ AVANTE PERNAMBUCANOS, O MUNDO NOS OBSERVA :  MARCHEMOS ENTOANDO O SAGRADO NOME DA PÁTRIA DOS BRAVOS “ e de mãos dadas com a Junta Governativa de Goiana, criada em em 29/08/2021, presidida pelo nosso varão goianense Francisco de Paula Gomes dos Santos, que demos o primeiro grito de Independência. 


Que nos perdoe D. Pedro I. 


Nós goianenses orgulhamo-nos da nossa história e de termos uma instituição que vem  zelando pela história local, de Pernambuco e do Brasil. 


AVANTE IHAGGO ! 

SALVE, FRANCISCO DE PAULA GOMES DOS SANTOS. 

SALVE, JUNTA GOVERNATIVA DE GOIANA ! 

SALVE, CONVENÇÃO DE BEBERIBE ! 

SALVE,  PERNAMBUCO ! 

SALVE, CICLO DAS INDEPENDÊNCIAS  QUE NOS POSSIBILITA MOSTRAR O NOSSO GRITO ! 


✍🏻 Solange Guimarães Valadares de Sousa

II Vice Presidente do IHAGGO

Secretária da Comissão Organizadora e Executiva do Bicentenário da Junta Governativa de Goiana e da Convenção de Beberibe que reúne os institutos : IAHGP/ IHAGGO/IHO.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulher é assassinada dentro de casa no distrito de Goiana

Em Goiana Adolescente é alvejado por disparos, morre no hospital