Justiça nega ação contra Martins por chamar Doria de “corno”

 

Governador de São Paulo, João Doria, e o assessor especial da Presidência, Filipe Martins Foto: Arte/Pleno.News

Uma notícia ruim para o governador de São Paulo, João Doria. A Justiça rejeitou uma queixa-crime apresentada pelo político contra o assessor especial da Presidência, Filipe Martins, que chamou Doria de “corno” nas redes sociais. A publicação foi feita por Martins no começo do ano, ao falar sobre o trabalho do governo paulista pela liberação de insumos da China, para a produção da vacina da Covid-19.

A decisão foi da 2ª Turma dos Juizados Especiais do Distrito Federal. O processo foi relatado pelo juiz Arnaldo Corrêa Silva, que apontou que “as pessoas que gozam de notoriedade pública, exerçam ou não cargos públicos, estão sujeitas à crítica e censura pelos seus atos e manifestações, sem que disso resulte qualquer conduta antissocial prevista no direito penal repressivo”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana