Pastor afirma que Talibã vai eliminar população cristã do país

 Afegãos nas ruas

População afegã desesperada nas ruas (Foto: Reprodução/Print Screen)

O Talibã está dizendo que as coisas vão continuar normal, foi o que os cidadãos da terceira maior cidade do Afeganistão, Herat, ouviram depois que os combatentes jihadistas tomaram o local.

“Os negócios continuarão normalmente e as pessoas estão felizes conosco e, com nossos serviços, elas ficarão mais felizes”, disse um terrorista do Talibã.










Mas o líder de uma igreja, identificado como Hamid (nome fictício), disse em uma entrevista exclusiva para a CBN News que tem fortes dúvidas quanto a essa afirmação: “No momento, tememos a eliminação. O Talibã vai eliminar a população cristã do Afeganistão”, afirmou.

Hamid, que esconde sua identidade por segurança, está entre os milhares de afegãos que entregaram suas vidas para Jesus nas duas últimas décadas.

“Não havia muitos cristãos 20 anos atrás, durante o tempo do Taleban, mas hoje estamos falando de 5.000 a 8.000 cristãos locais e eles vivem em todo o Afeganistão”, disse Hamid.

Comunidade cristã está sob ameaça

O líder religioso expressou que está muito preocupado com o futuro da minoria cristã no país. Eles não estão conseguindo se comunicar com um cristão que trabalha no norte porque sua cidade foi conquistada pelo Talibã, a mesma coisa aconteceu em mais outras três cidades e perderam o contato com outros crentes.

De acordo com a Portas Abertas, o Afeganistão é o segundo país mais perigoso para se viver como cristão no mundo hoje, perdendo apenas para a Coreia do Norte, a maioria dos cristãos lá se converteram no islamismo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana