“Grande preocupação”, diz secretário sobre risco de colapso na Paraíba



 O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, afirmou ter grande preocupação com o risco de colapso no sistema de saúde do estado em razão da alta no número de casos de Covid-19. Segundo ele, há dois pacientes a espera de leitos de UTI no Sertão do estado, cuja rede de atendimento será ampliada.

O governador João Azevêdo anunciou a abertura de mais 39 leitos de UTI em três hospitais de referência contra a Covid-19 na Paraíba. O anúncio foi feito no programa Conversa Com o Governador, nesta segunda-feira (15), na rádio Tabajara.


“Para se ter uma ideia, nós já ampliamos para 1.028 leitos de UTI e, nesse exato momento, doutor Daniel Beltrammi já passou em três hospitais. E nós estaremos, nas próximas 72 horas, abrindo mais 39 leitos e unidade de decisão clínica, que é como se fosse uma semi-UTI, nos hospitais de Mamanguape, no Clementino (Fraga) e no próprio Trauma”, revelou o governador.


Segundo João Azevêdo, “quando você vai fazer o enfrentamento de uma pandemia, você tem que ter o olhar para diversos eixos: o primeiro, obviamente, é o eixo de dotar o Estado de infraestrutura na área de saúde que possa atender à população. Outro eixo é na atração e colocação de uma mão de obra que seja possível utilizar nessa ampliação de leitos.”


Ainda de acordo com o gestor, essa ampliação ocorre “para que a gente possa enfrentar e minimizar esses efeitos dessa alta taxa de contaminação que está ocorrendo” e “para diminuir uma fila que é real. Já existe uma fila. Não uma fila dentro de ambulância, nas calçadas, mas uma fila em leitos de UPA’s, (com pessoas) que precisam estar num hospital.”


Por Paraíba Master com ClickPB

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana