Defensora do isolamento, âncora da GloboNews viaja na pandemia

 

Apresentadora da GloboNews é acusada de hipocrisia por viajar na pandemia Foto: Reprodução

Engrossando o time de apresentadores e artistas da Globo que militaram durante o último ano contra aglomerações e pelo isolamento social para conter a Covid-19, mas que, no fim, acabaram rendendo-se a viagens, a apresentadora Aline Midlej, da GloboNews, virou alvo de críticas após uma foto dela em uma lancha, feita no dia 31 de dezembro de 2020, viralizar nas redes.

nado por conta de complicações da Covid


Defensora do isolamento, âncora da GloboNews viaja na pandemia

Apenas quatro dias antes de aparecer em barco com amigos, a apresentadora havia criticado "vírus do individualismo"


 

 

Pleno.News - 01/03/2021 11h37 | atualizado em 01/03/2021 12h35


Apresentadora da GloboNews é acusada de hipocrisia por viajar na pandemia Foto: Reprodução

Engrossando o time de apresentadores e artistas da Globo que militaram durante o último ano contra aglomerações e pelo isolamento social para conter a Covid-19, mas que, no fim, acabaram rendendo-se a viagens, a apresentadora Aline Midlej, da GloboNews, virou alvo de críticas após uma foto dela em uma lancha, feita no dia 31 de dezembro de 2020, viralizar nas redes.

Nos comentários, internautas lembraram de discursos feitos pela âncora tanto em suas aparições no canal de notícias do Grupo Globo quanto nas redes sociais. Ironicamente, em uma das postagens feitas em sua conta no Twitter, quatro dias antes da foto no barco, Aline criticou justamente o que chamava de “vírus do individualismo”, termo criado pelo papa Francisco.

– Sinto muito, Papa Francisco… Por aqui, o vírus do individualismo se espalha em contágios de deboche pelas festas de fim de ano. Mas a fraternidade resiste – escreveu Aline.



Aline Midlej chegou a reclamar de quem fez festa de fim de ano Foto: Reprodução

A foto em questão, publicada pela também jornalista Mariliz Pereira Jorge, colunista do jornal Folha de São Paulo, virou alvo de críticas nas redes sob a acusação de hipocrisia por parte das duas jornalistas. Nos comentários, internautas fizeram questão de ressaltar que a viagem foi feita apenas quatro dias depois da postagem em que Aline citou o papa Francisco.


– Nossa, Aline Midlej, quatro dias depois, onde foi parar essa pessoa tão virtuosa e nada individualista?! Corre aqui, papa Francisco, alguém precisa se confessar! – ironizou uma usuária do Twitter.


DEFESA DA QUARENTENA

Em junho do ano passado, pouco mais de três meses após o início da pandemia, Aline fez uma defesa das ações de isolamento social no país ao elogiar a cantora Teresa Cristina, crítica declarada do presidente Jair Bolsonaro, por tornar “a quarentena, e o Brasil, possível”.


– Finalmente entendi, assistindo à Live pela primeira vez porque a Teresa Cristina está tornando a quarentena e o Brasil, possível. Isso sem nem citar o impressionante nível de comprometimento diário dela, num momento em que nos sentimos tão à deriva. Obrigada! E…Viva! – escreveu.



Âncora tinha se posicionado a favor da quarentena ao elogiar a cantora Teresa Cristina Foto: Reprodução

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana