Home Top Ad

Rússia deve registrar segunda vacina contra covid-19 até 15 de outubro

Share:

Rússia deve registrar segunda vacina contra covid-19 até 15 de outubro

A informação foi dada por órgão regulador russo, diz agência TASS - Foto: Robson Valverde/SES-SC


Agência Brasil

A Rússia espera registrar uma segunda vacina em potencial contra a Covid-19 até o dia 15 de outubro, disse a agência de notícias TASS, citando o órgão regulador russo de segurança do consumidor Rospotrebnadzor, nesta terça-feira (22).


Testes em humanos

A vacina foi desenvolvida pelo Instituto Vector, da Sibéria, que concluiu o estágio inicial de testes em humanos na semana passada.

1º vacina

Rússia registrou sua primeira candidata a vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, de Moscou, em agosto. Os testes em estágio avançado desta candidata com pelo menos 40 mil pessoas estão em andamento.

Filha do presidente

A filha do líder russo, Vladimir Putin, teria recebido duas injeções da vacina e estaria se sentindo bem. "Ela participou do experimento", disse. De acordo com Putin, a filha teve uma temperatura de 38°C, no dia da primeira injeção da vacina, e caiu para pouco mais de 37° C, no dia seguinte. Depois da segunda injeção, ela teve novamente um ligeiro aumento de temperatura e, em seguida, tudo acabou, segundo o presidente.

"Ela está se sentindo bem e tem um grande número de anticorpos", acrescentou Putin.

Alerta

De acordo com a infectologista, Vera Magalhães, é preciso esperar o encerramento dos testes para afirmar se a vacina cura as pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

‘’Existem várias vacinas que são promissoras: a da Universidade de Oxford, a chinesa, e a da Rússia pode ser promissora, mas não temos os dados apresentados, até o momento, e a gente só pode dizer a efetividade da vacina após o término da terceira fase, que está se iniciando’’, completou.

Nenhum comentário