Secretário de saúde de Goiana tem bens bloqueados por improbidade administrativa


O Tribunal de Justiça de Pernambuco decidiu pelo bloqueio dos bens do atual secretário de Saúde de Goiana, Alexandre Ricardo de Moura, por improbidade administrativa na aquisição de medicamentos. A ação tramita na 3ª Vara Cível de Camaragibe por tratar do período em que o gestor atuava na prefeitura do município da Região Metropolitana.

A decisão foi assinada pela juíza Luciene Roberia Pontes de Lima e o patrimônio do gestor já se encontra bloqueado para garantir o ressarcimento dos cofres públicos caso a acusação seja julgada procedente.

Em sua decisão, a juíza determina a busca urgente dos bens para evitar que sejam vendidos. “Defiro o pedido de urgência ministerial e determino a indisponibilidade cautelar de bens/valores de titularidade dos demandados, até o limite das cotas de suas responsabilizações (conforme cálculos formulados pelo Parquet na exordial). Para tanto: I) proceda-se à busca de ativos financeiros, via sistema Bacenjud, e eventual bloqueio; II) proceda-se à busca de veículos automotores, via sistema Renajud, e eventual inclusão de restrição de venda; e III) oficie-se ao Cartório de Registro de Imóveis desta Comarca, a ser encaminhado pelo(a) Oficial(a) de Justiça plantonista, para busca de imóveis de titularidade dos demandados e inclusão de gravame de indisponibilidade sobre os bens eventualmente localizados”.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana