Home Top Ad


Com fim do lockdown, movimento de carros e pessoas cresce no Recife

Share:
Decreto Estadual determinou 15 dias de quarentena mais rígida, finalizados nesse domingo (31), no Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata, com o objetivo de barrar o avanço da pandemia do novo coronavírus.


Movimentação em Casa Amarela no primeiro dia após o fim do lockdown - Foto: Wellington Lima - JC Imagem
O primeiro dia depois do fim da quarentena mais rígida (lockdown) em cinco cidades da Região Metropolitana do Recife (RMR) foi de grande circulação de pessoas e de veículos nas ruas da capital pernambucana. A TV Jornal circulou, na manhã desta segunda-feira (1º), pelos bairros de Afogados, na Zona Oeste do Recife, e Casa Amarela, na Zona Norte, onde encontrou, inclusive, com trânsito. O Decreto Estadual 49.024 determinou 15 dias de quarentena mais rígida, finalizados nesse domingo (31), no Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata, com o objetivo de barrar o avanço da pandemia do novo coronavírus.



Pelas ruas da cidade, muitas pessoas sem usar a máscara, item que continua obrigatório mesmo após o fim do decreto estadual. Além disso, também foram encontradas filas em frente aos supermercados e nas agências da Caixa Econômica Federal. Nos mercados públicos dos dois bairros, o fluxo é grande de pessoas comprando. Já nas paradas de ônibus e dentro dos coletivos, a reportagem observou uma movimentação tranquila.

Máscaras seguem obrigatórias

Mesmo com o fim da quarentena mais rígida, permanece obrigatório o uso de máscaras, continua vedado o acesso a praias, calçadões, parques e o funcionamento de shoppings, lojas e prestadores de serviço que não se enquadrem como atividades essenciais. 

Nenhum comentário