Conclusão de análise de 17 milhões de cadastros da Caixa para auxílio emergencial tem nova data

Empresa pública de tecnologia ainda precisa finalizar quase 90% dos pedidos sem resposta num universo de quase 17 milhões

A responsável por analisar os cadastros do auxílio emergencial é a Dataprev, empresa pública federal de tecnologia - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM

Contrariando a previsão que havia sido feita pelo próprio presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, a Dataprev - empresa de tecnologia responsável pela processamento dos cadastros feitos no programa do auxílio emergencial - só deverá concluir as análises ao fim desta quarta-feira (13). De acordo com a estatal de tecnologia, 16,4 milhões de cadastros ainda seguem com a empresa, e pelo 14,7 milhões (quase 90%) estão em fase final de homologação. Com a nova previsão, os pagamentos só deverão ser iniciados neste fim de semana ou a partir da próxima semana.

Dataprev deve enviar até esta terça (12) resposta para 17 milhões de cadastros pendentes do auxílio emergencial

Caixa Econômica reabre agência localizada no Paulista North Way Shopping

Defesa investiga militares que receberam auxílio emergencial de R$ 600

Caixa aguarda governo para poder iniciar pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial

Auxílio emergencial poderá durar mais que três meses, diz secretário

Mais de 70 mil militares, pensionistas e anistiados receberam auxílio emergencial

A previsão feita no início desta semana pela Caixa era de que o repasse dos cadastros seria feito até essa terça-feira (12). Caso a expectativa tivesse sido atendida, o banco esperava iniciar os pagamentos em até dois dias úteis, ou seja, a partir desta quinta-feira (14). Com a nova previsão repassada pela Dataprev, se confirmada até o fim desta quarta-feira, os beneficiários que seguem esperando resposta há mais de um mês só deverão ter o pagamento, caso aprovado, liberado no fim de semana ou na próxima segunda-feira, já que a caixa precisa de dois dias, após recebimento das informações, para começar a fazer os pagamentos.

Em análise

Pelas contas da Dataprev, estão em fase final de homologação 14,7 milhões de cadastros, realizados entre 23 a 30 de abril. Esse contingente integra 16,4 milhões de pedidos do mês passado abril que estão em análise pela empresa. Esse montante é o mesmo ao qual a Caixa se referia nos últimos dias como pedidos inconclusivos e ainda em análise desde a primeira inscrição.
Segundo a Dataprev, os 16,4 milhões de pedidos em análise se referem a solicitações de novos cadastros; complementação cadastral dos CPFs já classificados – inicialmente – como inconclusivos e o processamento adicional que ainda estava pendente (1,4 milhão).
No último domingo  (10), a estatal de tecnologia enviou 689.078 mil requerimentos ao banco dos pedidos finalizados entre 18 e 22 de abril. Nesse período, ao todo, foram recebidos 6,69 milhões de solicitações, e a Dataprev devolveu à Caixa 6,37 milhões, ou seja, 95% de conclusão do trabalho do ciclo. Os últimos 300.576 mil dessa remessa foram transmitidos ainda ontem, conforme a Dataprev.
Sem finalizar o pagamento da primeira parcela, a Caixa segue sem previsão de quando iniciará os repasses da segunda parcela do dinheiro. Embora já tenha admitido a necessidade de um calendário mais "espaçado", o banco ainda aguarda aprovação das datas pelo governo federal.
Até o momento, pouco mais de 50 milhões de pessoas receberam o auxílio emergencial.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana