Home Top Ad

Caso Itapissuma: terceira mulher baleada morre no Hospital da Restauração

Share:
Caso Itapissuma: terceira mulher baleada morre no Hospital da Restauração
A jovem estava internada no Hospital da Restauração, área central do Recife, mas não resistiu aos ferimentos - Foto: Acervo/JC Imagem

A terceira mulher baleada, no Loteamento Cidade Criança, conhecido como Favelinha, em Itapissuma, na Região Metropolitana do Recife, morreu na noite do sábado (11), no Hospital da Restauração. A jovem Randy Carla dos Santos, de 19, anos não resistiu aos ferimentos. O corpo da foi liberado pelo Instituto de Medicina Legal. A mãe dela, Randy Maria dos Santos, de 36 anos, e uma amiga de 33 anos, já haviam falecido.
As duas primeira vítimas fatais foram sepultadas no cemitério de Itapissuma, na tarde do sábado (11), e a jovem vai ser enterrada neste domingo (12), às 16h.

Relembre o caso

De acordo com familiares das vítimas, que não quiseram gravar entrevistas, Randy Maria dos Santos, a filha dela e a amiga estavam na porta de casa quando o namorado da jovem de 19 anos começou uma discussão com o vizinho.
Um parente de Randy contou que durante a briga, o vizinho atirou várias vezes para o alto. Foi quando o namorado da jovem correu. Ele contou ainda que o rapaz foi até a casa das vítimas tirar satisfações.
Como não encontrou o namorado da jovem, o homem acabou atirando nela. Randy tentou proteger a filha, também foi atingida e morreu no local. A amiga de 33 anos, que não teve o nome divulgado, também foi baleada e não resistiu aos ferimentos.

Nota da Polícia Civil na íntegra

 A Polícia Civil informa que na noite de ontem (10) na Rua Manoel Belmiro de Souza, Cidade Criança, em Itapissuma, ocorreu um duplo homicídio e uma tentativa de homicídio, todas mulheres. Segundo investigações iniciais, dois homens chegaram próximo as vítimas e iniciaram uma discussão, logo em seguida efetuaram diversos disparos de arma de fogo e utilizam de arma branca (faca ) contra as vítimas, uma morreu no local, a outra chegou a ser socorrida para o Hospital João Ribeiro, mas não resistiu, a terceira vítima encontra-se no Hospital da Restauração. A polícia Civil instaurou inquérito para apurar os fatos e continua em diligencias para localizar os suspeitos do crime.

Nenhum comentário