Home Top Ad

Goiana entra o ano novo com R$ 2.082.461,60 dos recursos do pré-sal

Share:
Paulo Guedes/Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Um dia depois de os municípios nacionais terem reclamado da União por não terem recursos para pagar o novo piso do magistério, o Ministério da Fazenda colocou na conta dos Estados e Municípios os recursos do acordo do pré-sal, fechado no ano passado, com o aval do Congresso Nacional.
No caso de Pernambuco, já estão na conta do Estado e as prefeituras R$ 508 milhões.
Destes valores, as prefeituras  vão dividir R$ 261 milhões, enquanto o governo do Estado recebeu outros R$ 247 milhões.
A cidade de Goiana teve uma cota de R$ 2.082.461,60 na divisão do bolo.
A Prefeitura que mais vai receber recursos é a do Recife que terá R$ 28,7 milhões. As prefeituras das cidades com mais de 300 mil habitantes, como é o caso de Olinda, Jaboatão e Cabo receberão quase R$ 5 milhões. As menores cidades de Pernambuco receberão R$ 480 mil.
Os critérios para o pagamento são os mesmos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) que faz um cálculo para distribuição do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) proporcionalmente a quantidade de habitantes de cada município.
“É fundamental que estes recursos extras do bônus da cessão onerosa possam ajudar na retomada dos investimentos em Pernambuco”, defendeu o deputado federal Sílvio Costa Filho.
INVESTIMENTO
“Esses recursos terão que ser gastos ou em previdência ou em investimentos”, diz o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota.
Os valores foram creditados no último dia 31 de dezembro, de acordo com o Ministério da Fazenda.
Confira o quanto cada Prefeitura vai receber:

Nenhum comentário