quinta-feira, 4 de abril de 2019

Case Timbaúba recebe curso de cultivo de legumes ofertado pelo Senar-PE

Capacitação trabalha conhecimentos que podem ser aproveitados na vida profissional
Onze adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Timbaúba, uma das unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), estão participando do curso de Olericultura, atividade voltada para o cultivo de legumes. A formação, que tem 24 horas/aula, está sendo viabilizada por meio de uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-PE). Seleção de sementes, técnicas de plantio, manejo do solo, tratos culturais, beneficiamento, comercialização e empreendedorismo são temáticas trabalhadas com os alunos. A capacitação tem duração de três dias e, no encerramento, os jovens receberão certificados.
As aulas, que têm etapas práticas no terreno da própria unidade da Funase, estão acontecendo nesta semana, em horário integral. Outra atividade trabalhada com os adolescentes e jovens é a produção de inseticida orgânico, voltado à contenção de pragas de forma menos agressiva ao meio ambiente. “Estou fazendo o curso e é muito importante saber que a gente pode comer tudo orgânico sem a presença de agrotóxico, além de sair daqui com algum curso no currículo”, afirmou o socioeducando A.A.F., de 18 anos.
Para a coordenadora técnica do Case Timbaúba, Karolyne Bezerra, as ações que estão sendo desenvolvidas têm o diferencial de trabalhar, de forma prática, conhecimentos que poderão ser aplicados na vida profissional dos adolescentes. “A Zona da Mata é uma terra muito fértil. O curso vai fazer com que os meninos aproveitem o conhecimento para que, quando saírem da unidade, possam ter uma fonte de renda para eles e para a família. Eles estão muito motivados com a formação”, declarou.
A parceria com o Senar-PE, renovada em março deste ano, tem assegurado a oferta de treinamentos profissionais para dezenas de adolescentes atendidos pela Funase. O curso de Olericultura faz parte de um projeto com mais oito formações previstas para 2019: Trabalho no Cultivo de Plantas Ornamentais, Cerâmica em Barro, Trabalho na Agricultura Orgânica, Artesanato em Embalagens, Pintor, Eletricista, Bombeiro Hidráulico e Couro e Pele. Além do Case Timbaúba, outras unidades serão beneficiadas com as aulas. Em 2018, a parceria viabilizou a inserção de 117 jovens em cursos e oficinas, todos com certificados emitidos pelo Senar-PE.

0 komentar:

Postar um comentário

Copyright © Blog do Eduardo França | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top