Home Top Ad


O fato novo que o PSB pode apresentar nas eleições deste ano

Share:

A Frente Popular que governa Pernambuco desde 2007 enfrenta talvez seu maior desafio de manter a hegemonia do PSB que já dura doze anos por mais quatro anos através da reeleição de Paulo Câmara. A perda de aliados para a oposição foi um dos muitos problemas enfrentados pelo governo, sobretudo pela fadiga de material de um governo que já dura doze anos.
Apesar dos desafios, sobretudo com a possibilidade real de Marília Arraes ser candidata a governadora, ameaçando de forma significativa a reeleição de Paulo Câmara, não há nada perdido. O PSB tem uma carta na manga que poderá ser utilizada de modo que possa renovar a chance de Paulo Câmara sair vitorioso na disputa pelo Palácio do Campo das Princesas.
Há quem defenda que a viúva do ex-governador Eduardo Campos, Renata Campos, seja candidata ao Senado na chapa de Paulo Câmara, o que produziria um fato político capaz de mudar o quadro em Pernambuco, uma vez que ela goza de muito prestígio tanto no governo quanto entre os eleitores e admiradores de Eduardo Campos, fortalecendo o projeto do atual governador e garantindo a hegemonia do PSB em Pernambuco.
A entrada de Renata no jogo além de criar um fato político capaz de mudar o curso da eleição, faria o contraponto necessário a Marília Arraes, que vem conquistando votos sobretudo entre admiradores de Eduardo Campos, pelo fato de a imagem do ex-governador ser mais recente na memória do eleitor do que a de Miguel Arraes, avô de ambos.
Também seria importante que Renata disputasse o Senado por conta de garantir uma retaguarda ainda maior a João Campos, que é o herdeiro político de Eduardo e está tentando um mandato de deputado federal. Nos bastidores, apesar de ser levantada a hipótese com muita cautela por conta da forma discreta que Renata atua, as pessoas creem que esta seria uma jogada de mestre capaz de mudar o curso da eleição a favor do governador Paulo Câmara e da Frente Popular.
FONTE: Edmar Lyra

Nenhum comentário