Todos Contra o Corona Vírus

Funcionária de hospital recusa vacina e recebe justa causa

 

Funcionária é demitida por justa causa por recusar vacina Foto: EFE/Ricardo Maldonado

Uma funcionária do setor de limpeza de um hospital infantil em São Caetano do Sul, em São Paulo, foi demitida por justa causa por se recusar a receber a vacina contra a Covid-19. A mulher chegou a recorrer na Justiça, mas o desligamento foi validado pela juíza Isabela Flait, da 2ª Vara do Trabalho de São Caetano do Sul.

ADVERTISING

Em sua ação na Justiça, a auxiliar de limpeza argumentou que não teve oportunidade de explicar à empresa sua recusa. Por sua vez, a empresa informou que realizou a campanha de vacinação com seus funcionários, sobretudo aos que atuam em setores críticos, como a limpeza. O hospital também anexou ao processo a advertência recebida pela ex-funcionária pela recusa à vacina – que foi negada em duas ocasiões.

PLENO News 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana