Ônibus Escolar, comprado em 2019, não é pago por gestão anterior; Prefeitura recebe cobrança com mais de 230 mil reais para ser quitada

 


O prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues, foi comunicado através da Procuradoria Municipal, da existência de compra de ônibus escolar com dotação orçamentária de 2019, que não foi paga.

 

A conta deveria ter sido quitada 20 dias após o recebimento do veículo, em 2019. Fato que não ocorreu segundo a empresa contratada. No período o valor correspondente a compra era de R$ 226.550,00 (duzentos e vinte e seis mil e quinhentos e cinquenta reais)

 

De acordo com contrato assinado em 16 de abril de 2019, a despesa estava programada em dotação orçamentária própria, prevista no orçamento, para o exercício de 2019, com empenho para 17 de abril de 2019.

 

Segundo a empresa contratada, o veículo foi entregue ao município de Alhandra, mas não foi realizado o pagamento.

 

Confira os documentos abaixo com as informações detalhada:

Contrato assinado:

LoaderLoading...
EAD LogoTaking too long?

Reload Reload document
 | Open Open in new tab

Nota de empenho:

LoaderLoading...
EAD LogoTaking too long?

Reload Reload document
 | Open Open in new tab

Nota fiscal:

LoaderLoading...
EAD LogoTaking too long?

Reload Reload document
 | Open Open in new tab

Nota de entrega do veículo com data de 04/10/2019:

LoaderLoading...
EAD LogoTaking too long?

Reload Reload document
 | Open Open in new tab

Ato de registro de preço FNDE:

LoaderLoading...
EAD LogoTaking too long?

Reload Reload document
 | Open Open in new tab

Calculo da dívida atualizado:

LoaderLoading...
EAD LogoTaking too long?

Reload Reload document
 | Open Open in new tab

Outros documentos:

LoaderLoading...
EAD LogoTaking too long?

Reload Reload document
 | Open Open in new tab
LoaderLoading...
EAD LogoTaking too long?

Reload Reload document
 | Open Open in new tab

fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Alhandra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana