Prorrogação do Auxílio emergencial: Congresso pode ser convocado em sessão extraordinária

Prorrogação do Auxílio emergencial: Congresso pode ser convocado em sessão extraordinária

A Constituição permite a convocação extraordinária, pela maioria dos deputados e senadores, em caso de urgência ou interesse público relevante. - Foto: Marcello Casal Jr./ABr

O Congresso Nacional poderá ser convocado para sessão extraordinária, em janeiro, mês em que o Parlamento está em recesso, determinado pelos regimentos internos das duas Casas.

O pedido foi feito pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), para discutir a prorrogação do estado de calamidade pública, que terminou em 31 de dezembro, e a prorrogação do auxílio emergencial, bem como definir o processo de vacinação dos brasileiros, contra a covid-19.

A Constituição permite a convocação extraordinária, pela maioria dos deputados e senadores, em caso de urgência ou interesse público relevante.

Requerimento

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) apresentou um requerimento em que solicita a convocação de sessão legislativa extraordinária do Congresso Nacional para debater a prorrogação do auxílio emergencial e do estado de calamidade pública, e o processo de vacinação no país.

estado de calamidade pública, decretado em março, terminou em 31 de dezembro, e o fim da vigência dificulta a destinação de recursos para políticas de assistência social e ações emergenciais na saúde e no setor produtivo.

 

 

Crise

Para o senador, o Congresso precisa se posicionar para garantir condições de enfrentamento à crise e proteção social mínima à parcela da população que se encontra mais vulnerável.

Ele lembra que a crise decorrente da covid-19 não parece estar próxima do fim. “Não se pode aceitar o fim formal do estado de calamidade, se a calamidade continua. Não podemos nos abster sobre um tema fundamental como a imunização da população”, alerta o senador no requerimento.

 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana