Todos Contra o Corona Vírus

Covid-19: Segunda onda gera apreensão para o comércio as vésperas do fim de ano


Com os índices de novos casos aumentando na Paraíba e no Mundo, as medidas para restrição de aglomeração podem voltar a paralisar alguns setores no estado. O Prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), declarou, ainda no guia eleitoral de sua candidata à prefeitura, que após as eleições as noticias de LockDown seriam terrorismo.

Confira declaração:

“No mundo todo foram tomadas medidas para salvar vidas durante a pandemia. Aqui em João Pessoa não foi diferente. E com segurança, a gente iniciou a retomada das atividades no comércio, nos serviços e no turismo. E vamos seguir em frente! Não tem nada disso de voltar a fechar o comércio. Quem inventou isso está fazendo terrorismo. Eu quero tranquilizar o povo de João Pessoa. Meu compromisso é manter o que está aberto, ampliar a retomada e acelerar o desenvolvimento”.

Contudo, o risco de novas contaminações e mortes está aumentando, colocando o comércio em risco. No entanto as instituições comprovam o cumprimento de normas de segurança contra a transmissão do vírus.

“A preocupação existe, não há controle do comportamento do vírus. Mas temos uma garantia do prefeito que não vai fechar. O comércio, né? Possa ser que alguns setores fechem. Algumas áreas que estão demandando mais preocupação, como a praia. Ninguém está respeitando, ninguém usa máscara. Não existe distanciamento. A gente também ver alguns bares que também não estão respeitando, mas o comércio está cumprindo com os protocolos”. Declarou Nivaldo Vilar, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), ao portal Mais PB.

Por Paraíba Master 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana