Relator do ‘PL da Censura’ que criar ‘sistema de pontuação’ na internet

A medida, com toda certeza, é inspirada no regime comunista da China e no seriado futurístico “Black Mirror”.

O Projeto de Lei (PL) 2.630/2020, que cria a já apelidada “PL da Censura”, está sendo apontado por especialistas como uma forma de cercear a liberdade de expressão na internet do Brasil.
Diante da reação inicial negativa, os autores do projeto de lei apresentaram¹, nesta segunda-feira (1), uma nova versão do texto, encaminhada para o senador Angelo Coronel (PSD-BA), relator da proposta no Senado, que pode ou não incluí-la em seu relatório.
Além da exigência de documentos oficiais para criação de contas nas redes sociais e da criação do “crime contra honra na internet“, o senador Coronel quer criar um sistema de pontuação social para medir o comportamento dos cidadãos nas redes sociais.
A medida, com toda certeza, é inspirada no regime comunista da China e no seriado futurístico “Black Mirror”.
Confira o texto do artigo 14 do “PL da Censura”:
“O provedor de aplicação manterá sistema de pontuação que considerará a existência de identificação da conta, o tempo desde sua abertura, as manifestações dos demais usuários, o histórico de conteúdos publicados, de reclamações registradas e de penalidades aplicadas.”
É óbvio que manifestações e reclamações podem ser forjadas, o que abre amplas possibilidades para que o próprio sistema seja usado para atacar os adversários de quem conta com uma boa rede de apoiadores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana