Home Top Ad

Compesa: Obra de esgotamento sanitário de Goiana está em ritmo acelerado

Share:
 Fotos: Divulgação/Compesa


Dentro da meta de universalização dos serviços de esgotamento sanitário na Região Metropolitana do Recife, a Companhia Pernambuco de Saneamento (Compesa) continua executando as obras para implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) da cidade de Goiana (sede municipal). A primeira das duas etapas encontra-se em ritmo acelerado, já tendo implantado mais de 43 mil metros de rede coletora de esgoto que atenderão 40 mil habitantes.



Com o aporte de R$ 65 milhões, o SES Goiana consiste na construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto e mais três Estações Elevatórias (sistema de bombeamento) que em sua primeira etapa terá a capacidade de tratar mais de 82 mil litros por segundo de efluentes ao interligar quase 7 mil residências. A previsão para conclusão dos trabalhos é julho de 2022 e a obra integra às ações do Programa Cidade Saneada, parceria público-privada entre a Compesa e a BRK Ambiental.



“Com a conclusão da primeira fase da obra, a previsão é de que sejam coletados 45% do esgoto gerado na sede municipal de Goiana, que será tratado e devolvido à natureza, obedecendo rigorosos padrões de qualidade e garantindo mais qualidade de vida e saúde à população”, explica o diretor de Novos Negócios da Compesa, Flávio Coutinho. O município de Goiana, distante 62 quilômetros do Recife, é dividido em três distritos: Sede, Ponta de Pedras e Tejucupapo. As obras em Goiana foram subdivididas em cinco etapas úteis dentro do Programa Cidade Saneada.


Assessoria de Imprensa da Compesa

Nenhum comentário