Home Top Ad

Três deputados da ALPB têm celular clonado em menos de 24h

Share:
Em menos de 24h, pelo menos três deputados da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) foram vítimas do golpe do número de celular clonado.
O primeiro foi o deputado estadual Lindolfo Pires (Podemos) que relatou ter sido alvo da arapuca. Ele relatou que diversas pessoas receberem mensagens do número do telefone dele solicitando dinheiro. Logo depois foi a vez dos deputados estadual Trócolli Júnior (Podemos) e Branco Mendes (Podemos) também relatarem ter sido vítima da tentativa de estelionato digital.
Trócolli Júnior contou que um dos bandidos chegou a pedir R$ 10 mil a um amigo.
A justificativa é sempre a mesma, o bandido em poder do número da vítima diz que precisa fazer uma transferência, porém não consegue mais realizar transações porque seu limite diário já foi extrapolado. Ao que tudo indica nesta nova investida contra um deputado paraibano, o bandido não obteve sucesso e o parlamentar tomou conhecimento do fato e foi em busca das medidas cabíveis.

Já Branco Branco Mendes comunicou em suas redes sociais o ocorrido e acionou a polícia para identificar os criminosos. Confira a nota: ““O deputado estadual  Branco Mendes teve o seu número de telefone clonado e, em consequência disso, está sendo alvo de um hacker que tem usado o acesso aos seus contatos para solicitar dinheiro, usando o nome do parlamentar. Algumas pessoas do relacionamento profissional e pessoal do deputado já foram contactadas pelos golpistas, por isso, Branco Mendes faz alerta para que as pessoas denunciem as autoridades qualquer contato neste sentido”.
Além de Trócolli os deputados Lindolfo Pires e Branco Mendes, recentemente também foi vítima do golpe entre esta quarta e quinta-feira, o deputado Walber Virgulino (Patriotas). Mas se engana quem pensa que o alvo são apenas parlamentares. Nos últimos meses vários prefeitos também têm relatado episódios parecidos e denunciado os casos à polícia. Até agora ninguém foi preso por participar dos crimes.
PB Agora

Nenhum comentário