segunda-feira, 1 de julho de 2019

Procon-PE recolhe mais de meia tonelada de carnes em Goiana


Uma operação conjunta entre o Procon-PE e a Vigilância Sanitária de Goiana ã de hoje, 649,222 quilos de diversos tipos de carnes no município de Goiana. Os produtos estavam mal condicionados, sem data de validade e alguns impróprios para consumo.

A maior apreensão foi no Açougue do Povo, localizado no Centro da Cidade: 271,248 kg de carnes de boi e porco; 137,932 kg de peixe;131,546 kg de frango e 54.84 kg de linguiça, totalizando 594,510 kg de carne. Lá também foram recolhidos uvas passas, frutas cristalizadas, ameixa, salsicha e mortadela.

De acordo com Danyelle Sena, gerente de fiscalização do Procon, os produtos estavam mal condicionados e expostos de maneira imprópria. “As carnes estavam todas expostas, o próprio consumidor que manuseava sem nenhum cuidado higiênico e muitos dos peixes estavam descongelados”.

Já os produtos vendidos a granel como ameixas, salsichas e mortadelas o estabelecimento não possuía a embalagem para ser vista a data de validade e fabricação.

Em um outro estabelecimento, o Frigorífico São José, foram recolhidos 54.712 kg de carnes, entre bovino, aves e peixes. Todo o material foi retirado prensado no caminhão de lixo e encaminhado para incineração. No Supermercado Borbão os fiscais descartaram um pudim e três tortas que estavam vencidas e expostas para venda na padaria do local. Todas as lojas foram notificadas pelo órgão de defesa do consumidor.

FINANCEIRAS – Ainda em Goiana, foram interditadas duas financeiras foram interditadas. A Agibank e a Amais, estavam funcionando de forma ilegal, ambas não possuíam a documentação necessária.




0 komentar:

Postar um comentário

Copyright © Blog do Eduardo França | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top