Justiça nega pedido de Edval para retirar Osvaldinho da propaganda de Eduardo

 No dia 8 de outubro, a Justiça Eleitoral negou o pedido da Coligação "Unidos por uma nova história",  representada pelo candidato Edval Soares, para que fosse retirado o nome do prefeito Osvaldinho da propaganda eleitoral de Eduardo Honório.


Em sua decisão, a Juíza Maria do Rosário Arruda de Oliveira deixou claro que "em termos de manifestação política, a liberdade de expressão é a regra. Logo, não há elementos probatórios, ao menos neste momento processual, que indiquem a probabilidade do direito quanto ao conteúdo da propaganda".


Segundo Alcides França, advogado de Eduardo Honório, esta já é a terceira tentativa frustrada de retirar o legítimo direito de Osvaldinho declarar seu apoio político. "Esta é a terceira ação judicial neste sentido. É, também, a terceira derrota deles. As duas primeiras, com este mesmo conteúdo, já foram extintas e arquivadas. Ou seja, a intenção deles de retirar Osvaldinho da propaganda de Eduardo Honório e Fernando Veloso deu com burros n'água", disparou.


Quatro vezes prefeito de Goiana, Osvaldinho é a maior liderança politica do município e o seu apoio é considerado decisivo nesta eleição. As tentativas de retirar Osvaldinho da propaganda eleitoral apenas comprovam isto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana