Home Top Ad

POLÍCIA CIVIL REALIZOU MEGAOPERAÇÃO PARA PRENDER INTEGRANTES DO PCC NO AGRESTE DE PERNAMBUCO E UM ALVO FOI MORTO NUMA TROCA DE TIROS

Share:







A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou nesta quinta-feira (23), a Operação Exício, com o objetivo de prender integrantes do PCC - Primeiro Comando da Capital, suspeitos de práticas criminosas no Agreste de Pernambuco.

Essa Operação foi realizada nas cidades de Caruaru, Recife, Surubim, Casinhas, Limoeiro e Itaquitinga, além de localidades nos estados da Bahia e São Paulo. As investigações foram realizadas ao longo de 1 ano e 2 meses, com o objetivo de prender integrantes do PCC atuantes nos municípios Pernambucanos de Surubim, Casinhas e Macaparana, responsável pela prática dos crimes de homicídios qualificados, organização criminosa, associação para o tráfico ilícito de entorpecentes, corrupção de menores e posse ou porte ilegal de armas de fogo de uso restrito.

Os integrantes da organização criminosa têm envolvimento com o homicídio do Comissário de Polícia Civil, José Rogério Duarte Batista, ocorrido no último dia 30 de Maio, em Surubim.

Durante a Operação, foram cumpridos 30 mandados de prisão e 14 mandados de busca e apreensão domiciliar, expedidos por juízes especialmente designados pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco, mediante parecer favorável de promotores designados pelo procurador geral do Ministério Público.

Na execução da ação, foram empregados cerca de 140 Policiais Civis, entre Delegados, Agentes e Escrivães. Estiveram atuando também equipes do Grupamento Tático Aéreo - GTA e CORE. A Operação desta quinta-feira conta também com a colaboração das Polícias Civil da Bahia e de São Paulo.


Na Bahia, os Policiais Civis daquele estado foram prender o Josias Santos de Santana, vulgo “Jó” ou “Pinto”, de 32 anos de idade, que recebeu o Policiamento á bala, houve o revide e na troca de tiros com os Policiais acabou morrendo. Josias é apontado como líder da quadrilha que comandava o tráfico de drogas na região de Surubim.

As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco - DINTEL.

A Operação esteve sob o comando do Delegado, Dr. Jean Pierry Brito.

Nenhum comentário