Após virar caso de Polícia, a próxima sessão da Câmara Municipal de Timbaúba contará com forte esquema de segurança


A decisão foi tomada nesta terça-feira (22), durante reunião no Ministério Público de Pernambuco (MPPE), em Timbaúba. No encontro, estavam presentes o presidente do Poder Legislativo, vereador Josinaldo Barbosa; o presidente da OBA-Timbaúba,  Antônio Apolinário; além de representantes da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP) e do Comando da Polícia Militar de Nazaré da Mata.

De acordo com o presidente da Câmara de Vereadores, na última sessão, realizada no dia 16 de outubro, o prefeito Ulisses Felinto e alguns dos seus secretários promoveram uma manifestação, que acabou em depredação do patrimônio público, cárcere privado, agressão física e verbal. “O motivo foi à leitura de um projeto de lei, de autoria do Executivo, que era sabido do gestor e sua equipe, que naquele dia seria apenas para leitura do parecer, e não para votação. Insatisfeitos, eles promoveram uma manifestação que acabou indo parar na delegacia”, explicou Josinaldo.

Ainda segundo o chefe do Legislativo, a próxima sessão está marcada para amanhã (23). “Esta decisão vem para garantir a seguranças dos moradores e vereadores de nossa cidade. Queremos que o Executivo pare de tentar interferir no Legislativo, respeitando a separação de poderdes, para que assim, possa existir harmonia entre a Câmara e a Prefeitura”, finalizou Josinaldo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Engenheira pernambucana vai comandar fábrica da Jeep em Goiana (PE)

Vereador Sargento Torres faz requerimento para que seja suspenso por 120 dias o desconto em folha dos empréstimos consignados dos Ativos e inativos da Prefeitura de Goiana